Conheça o porquinho Tom, um porquinho que adora experimentar novos alimentos, encontrar novos sabores e que ajudou seus amigos a descobrirem que não existe alimento ruim e que podemos prova-los de formas diferentes!

O piquenique do Porquinho Tom

Tom era um porquinho muito simpático e muito comilão, não tinha nada que ele não gostasse de comer, era de maçã a jiló, de banana a quiabo, até xuxu o porquinho comia. O porquinho tinha muitos amigos e com eles estava sempre disposto a trocar e dividir seus lanches, foi assim que conheceu muitas frutas, verduras e legumes.

- O que trouxe de gostoso para o lanche Tom? Perguntou seu amigo Tatu bola.

- Para hoje eu trouxe uma jaca. Hum! Muito saborosa e saudável.

- Eca! Resmungou o Tatu. Ainda bem que eu só como raízes, adoro mandiocas, batatas, às vezes como beterraba.

- Eu também gosto desses alimentos, mas também gosto de muitos outros. Tem certeza que não quer experimentar? Minha jaca está uma delícia docinha de tão madura. Disse o porquinho.

- Nem pensar, nunca comi e já não gosto. Respondeu o Tatu Bola com maior cara de nojo e rolando foi se embora.

- Ora como pode! O Tatu nunca comeu e já diz que não gosta. Será que não fica enjoado de comer sempre as mesmas coisas? Pensou Tom enquanto comia sua deliciosa jaca.

 - Olá porquinho Tom, o que esta comendo de bom? Perguntou dona Coelha.

- Olá dona Coelha, estou lanchando uma jaca saborosa, se aproxime e venha comer comigo. Disse Tom.

-Eca! Resmungou a coelha. Não gosto de jaca, prefiro mesmo é comer minhas cenouras. Elas sim são saborosas.

- Tem razão dona Coelha, cenouras são deliciosas, assim como todos os outros alimentos. Disse o porquinho e insistiu. Tem certeza que não quer provar?

- Jamais! Nem comi e já sei que não gosto. Respondeu dona Coelha fazendo cara feia e saltando foi embora.

Ora, onde já se viu, dona coelha nunca provou, nem sabe o sabor e já não gostou. Tem algo errado, a gente precisa experimentar o mesmo alimento muitas e muitas vezes e de diferentes formas, para depois saber se gostamos demais ou até de menos. Já sei, tive uma ideia, vou chamar toda a bicharada para um piquenique, cada um traz seu alimento favorito. Mas no momento do piquenique irei propor uma surpresa! 

Pronto, chegou o dia do piquenique e todos estavam presentes, cada um com seu alimento favorito, o tatu trouxe as batatas, dona coelha com suas cenouras, a bicharada estava animada e Tom aproveitou para propor sua ideia:

- Caros amigos, que felicidade tê- los aqui em um belo dia de sol para um piquenique vejo que todos trouxeram seus alimentos favoritos. Estive pensando como cada um desses alimentos são saborosos, imagino que aqui ninguém deva comer algum alimento que não seja bom. Concordam? Perguntou o porquinho.

Toda a bicharada concordou cada animal falou muito bem do seu alimento, do sabor, da textura, e das suas vitaminas. Então o porquinho esperto propôs:

- Se todos os alimentos são gostosos e nutritivos porque então não trocamos assim cada um irá conhecer sabores novos!

A bicharada ficou inquieta, mas não tinha como discordar, afinal se todos achavam bons seus alimentos, então não existe alimento ruim, e foi assim que todos aceitaram conhecer os alimentos que seus amigos mais gostavam!

A cada alimento novo que era experimentado, era um novo sabor, nenhum alimento é igual ao outro e cada um tem um sabor especial, foi uma comilança só, e acreditem se quiser dona Coelha e seu Tatu da jaca só deixaram os caroços! 

Só o porquinho Tom que como era comilão, não achou nenhum alimento que nunca tinha provado, mas também aproveitou o piquenique e ficou contente pelos seus amigos que puderam conhecer novos sabores.



Faça parte deste piquenique com o porquinho Tom!
Clique aqui e faça o download desta história, é grátis :)





2 Comentários